Video Session Weblog

O blog da sua locadora!

Tony Curtis (1925-2010)

leave a comment »

Tony Curtis , um dos mais populares atores de Holywood nos anos 1950.

Tony Curtis faleceu em 30 de Setembro aos 85 anos. A morte ocorreu às 21h25 (horário local) na casa do ator em Las Vegas, devido a uma parada cardíaca. A notícia foi divulgada pela filha, a atriz Jamie Lee Curtis.

Com Marilyn Monroe e Jack Lemmon em Quanto Mais Quente Melhor

Curtis iniciou sua carreira como um galã na década de 1950, mas era considerado um ator versátil, pois brilhou em papéis diversos, entre eles um agente corrupto em “A embriaguez do sucesso” (“Sweet smell of success”, 1957) e um galã romântico no clássico da comédia “Quanto mais quente melhor” (“Some like it hot”,1959), passou a ser considerado um intérprete respeitado graças a filmes como “Acorrentados” (The Defiant Ones,1958) quando recebeu uma indicação ao Oscar de melhor ator, por seu papel de um racista convicto algemado a um fugitivo negro, interpretado por Sidney Poitier.

Com Burt Lancaster em A Embriaguez do Sucesso.

Com mais de 50 anos de carreira e uma centena de filmes como protagonista, Curtis, cujo verdadeiro nome era Bernard Schwartz, nasceu em 3 de junho de 1925, em Nova York, em uma família de origem judaica. Estudou interpretação na Academia de Arte Dramática de sua cidade natal e, em 1949, estreou em Hollywood com um papel de coadjuvante em Baixeza (Criss Cross); sua popularidade no cinema começou dois anos depois com O Príncipe Ladrão (The Prince Who Was a Thief, 1952) e protagonizou depois títulos como Trapézio (Trapeze, 1956) e Spartacus (1960).

Com Kirk Douglas e Jean Simmons em Spartacus

Tony Curtis se despediu do cinema em 2005 com uma colaboração na série televisiva CSI. Nos últimos anos de vida, cultivou uma de suas grandes paixões, a pintura.Em 2008, expôs uma coleção de 35 quadros nas lojas de departamento londrinas Harrods.Seus quadros chegaram a ser vendidos por US$ 20 mil.

Curtis se casou em seis ocasiões, a primeira delas em 1951 com a atriz Janet Leigh, mãe de suas filhas Jamie Lee Curtis e Kelly Curtis, também atrizes. Ele deixa a mulher, a modelo Jill Vandenberg, 45 anos mais nova do que ele.

Com Sidney Poitier em Acorrentados

Written by Video Session Locadora

30 setembro , 2010 at 4:20 pm

Publicado em Uncategorized

Wuxia Pian

leave a comment »

A origem do cinema chinês remota do início do século XX, sendo o primeiro filme realizado em 1905 que consiste em uma gravação da Ópera de Pequim. Depois de duas décadas no ostracismo por conta da censura do regime comunista, nas décadas de 1990 e 2000, volta a ganhar destaque no cenário mundial. Esse renascimento entre o público ocidental se deu principalmente através de um gênero cinematográfico exclusivamente chinês, o Wuxia Pian.

Burning of the Red Lotus Temple de 1928. Wuxia é uma tradiçao no cinema chinês

Wuxia é o nome dado ao subgênero de filmes de ação inspirados em novelas de cavalaria na China antiga. “Wu” vem de wushu, “arte marcial”, enquanto “xia”, ou “honorável”, é o código de conduta dos cavaleiros errantes chineses. Seus valores estão concentrados em honra, lealdade e justiça. Para sermos mais exatos, os filmes Wuxia existem desde os tempos do cinema mudo chinês e a literatura Wuxia tornou-se popular a partir do século XVII. As novelas Wuxia são inspiradas em lendas sobre grandes mestres das artes marciais com mágicos poderes capazes de feitos extraordinários.

baseado no livro de Wang Du Lu, O Tigre e o Dragão, de Ang Lee Venceu nas categorias de melhor filme estrangeiro, melhor fotografia, melhor direção de arte e melhor trilha sonora no Oscar de 2001.

Um tema constante das novelas Wuxia é a superação de suas habilidades por meio da concentração, a repressão de seus sentimentos e muito estudo. Fazendo isso o guerreiro consegue transcender tudo. Existem dois estilos: Wudan (que usa a força interior) e o Shaolin (que usa a força exterior). Ao contrário do que se pode imaginar, as técnicas não são opostas e é do perfeito equilíbrio de ambas que uma pessoa tira a sua verdadeira força. Esse é o tema da maioria dos filmes de kung fu pois eles também são inspirados em novelas Wuxia.

filmes de kung fu também são Wuxia!

No entanto, filmes como Herói (2002) e “O Tigre e o Dragão (2000) são ainda mais característicos do estilo wuxia, pois são ambientados em cenários chamados jianghu (literalmente, “rios e lagos”), que é um universo mítico onde se passam as novelas wuxia, um cenário propício para alegorias bucólicas envolvendo a imensidão do deserto ou o bailado de florestas ao vento, por exemplo. Esse mundo situado numa China Antiga e mítica é habitado por cavaleiros e príncipes errantes, ladrões e pedintes, sacerdotes e curandeiros, comerciantes e damas guerreiras.

Cinzas do Passado (1994) - Wong Kar Wai também tem em sua filmografia um Wuxia.

No mundo representado por jianghu os valores são absolutos:altruísmo, justiça, individualismo, lealdade, coragem, por isso os conflitos podem somente ser resolvidas pela força. Por isso, o herói do Wuxia é honrado, sua palavra é inviolável, e sua reputação é mais importante que a própria vida. Ele desconsidera a riqueza e tem um grande desejo de glória. Além disso, ele é um mestre das artes marciais que não hesita em usar suas habilidades na defesa de suas crenças.

É fácil perceber por que esse tipo de narrativa fez sucesso entre os ocidentais, afinal de contas, todoss os elementos shakespearianos estão lá. Traição, mentira, honra, amor e sacrifício convivem harmoniosamente com as artes marciais.

Written by Video Session Locadora

28 julho , 2010 at 5:34 pm

Publicado em Uncategorized

Dennis Hopper (1936 – 2010)

leave a comment »

Ator, cineasta, fotógrafo, colecionador de arte,Dennis Hopper fez de um tudo!
Na década de 50, atuou ao lado de James Dean em “Rebelde sem Causa” e “Assim Caminha a Humanidade”…
Nos anos 60 dirigiu um clássico que definiu uma geração :”Sem Destino” (Easy Rider),no qual também atuou…
Já interpretou o filho de Elizabeth Taylor, e já foi casado apenas 8 dias com uma das integrantes dos Mamas & The Papas, numa época em que casamentos relâmpagos entre celebridades eram raros…

Sem Destino, 1969

Hopper também recebeu duas indicações para o Oscar – pelo roteiro de “Sem Destino” (elaborado em conjunto com Peter Fonda, com quem contracenou no filme, e Terry Southern), e por uma comovente história de um treinador de basquete alcoólatra, em “Momentos Decisivos”. Ele também já trabalhou com Quentin Tarantino.
Ao longo de mais de 50 anos de uma carreira variada, Hopper ficou mais conhecido pelos tipos maníacos que interpretou em filmes como “Apocalypse Now”, “Veludo Azul” e “Velocidade Máxima”.
Foi rico e infame, achado e perdido, foi a revelação do cinema e seu último sobrevivente. Dennis Hopper teve a manha de estar nos melhores e nos piores filmes já produzidos em Hollywood.

No início de 2010 foi divulgado que o ator sofria de câncer na próstata em estágio terminal, diagnosticado no final de 2009. Segundo informações divulgadas pela agência Reuters,o ator morreu aos 74 anos, neste sábado (29) em sua casa em Venice, subúrbio costeiro de Los Angeles, às 8h15 (12h15 no horário de Brasília), cercado de amigos e familiares.

Written by Video Session Locadora

29 maio , 2010 at 5:41 pm

Publicado em Uncategorized

Conhecendo Apichatpong Weerasethakul

leave a comment »

Diretor, roteirista e produtor tailandês nascido no dia 16 de Julho de 1970 em Bangkok, Tailândia.


Foi o vencedor do Festival de Cinema de Cannes de 2010 com o longa-metragem ‘Uncle Boonmee Who Can Recall His Past Lives’. Entre seus longa-metragens estão ‘Sud Pralad’ ou ‘Tropical Malady’, vencedor da seleção do juri do Festival de Cinema de Cannes de 2004, ‘Sud Sanaeha’ ou ‘Blissfully Yours’, vencedor da categoria ‘Un Certain Regard’ também em Cannes em 2003, e ‘Sang Sattawat’ ou ‘Syndromes and a Century’, exibido no 63o Festival de Cinema de Veneza, sendo o primeiro filme tailandês a entrar naquela competição. Os temas de seus filmes, frequentemente discutidos em entrevistas, incluem sonhos, natureza, sexualiade, influindo sua própria homossexualidade, e percepções ocidentais da Ásia e Tailândia. O diretor demonstra uma preferência por estruturas narrativas pouco convencionais, como inserir créditos e título no meio do filme, e por trabalhar com não-atores. Tem como apelido, entre cinéfilos e entusiastas de sua arte, o nome “Joe”, adotado como uma forma mais conveniente de se dirigir a pessoas de nomes tailandeses.

Os pais de Apichatpong Weerasethakul eram médicos, e trabalhavam num hospital em Khon Kaen, na Tailândia. Este, por sua vez, estudou na Universidade de Khon Kaen, recebendo seu diploma de bacharel em arquitetura em 1994. Realizou seu primeiro curta-metragem, ‘Bullet’, em 1993. Estudou posteriormente no Art Institute of Chicago, recebendo seu diploma de mestrado em artes plásticas e cinema em 1997. Seu debut em longa-metragem, ‘Dofka nai Meuman’, ou ‘Objeto Misterioso ao Meio-Dia’ une cenas documentais à uma narrativa improvisada, se baseando no jogo criado pelos surrealistas ao qual era dado o nome de ‘Exquisite Corpse’. Em 1999 montou sua própria produtora, a ‘Kick the Machine’, pela qual produz e promove seus trabalhos, além de prover assistência a outros cineastas independentes e projetos experimentais. Entre as filmagens de ‘Blissfully Yours’ e ‘Tropical Malady’, Apichatpong co-dirigiu ‘The Adventure of Iron Pussy’ com os artistas Michael Shaowanasai, ator que interpreta o protagonista, um agente secreto/travesti. O filme, rodado em digital e de baixo orçamento, é uma homenagem aos filmes tailandeses da década de sessenta e setenta, particularmente os musicais e filmes de ação de Mitr Chaibancha e Petchara Chaowarat.

Written by Video Session Locadora

26 maio , 2010 at 6:03 pm

Publicado em Uncategorized

Méliès, o mago do cinema

leave a comment »

Marie-Georges-Jean-Méliès (1861 - 1938)

A era vitoriana foi o último período da história recente no ocidente em que ideias tradicionais, ainda ligadas ao folclore, à religiao, à crença no sobrenatural, no mágico, no féerico, coexistiam de maneira civil e
pacífica com as idéias de progresso, apogeu da civilização e revolução tanto do homem quanto da natureza através do poder racional da mente humana. Foi nesse momento que nasce o cinema e foi nesse cenário que floresceu o cinema de  Georges Méliès. Ele foi o primeiro a enxergar e trabalhar exclusivamente em função do poder mágico das imagens em movimento. O cinematógrafo já não era um invento cuja a função era a captação do real.

Méliès era um ilusionista francês de sucesso e conta-se que tudo começou quando  ganhou um protótipo de um  cinematógrafo criado pelo  inglês Robert W. Paul. Méliès teria  ficado tão entusiasmado , que saía filmando cenas do cotidiano de Paris.

o "pai dos efeitos especiais"

Méliès se utilizava de  inventivos efeitos fotográficos  para criar mundos fantásticos; e durante uma década, criando filmes fantasiosos e que divertiam crianças e adultos,  foi considerado o melhor cineasta do mundo. Chaplin o chamou de “o alquimista da luz”.

Fez  mais de 500 filmes e construiu o primeiro estúdio cinematográfico da Europa.  Também foi o primeiro cineasta a usar desenhos de produção e storyboards para projetar suas cenas.  Era proprietário do Théatre Robert-Houdin em Paris, que havia pertencido ao famoso ilusionista francês
Jean-Eugène Robert-Houdin.

Reza a lenda que Méliès estava presenta na plateia que assistiu, em 28 de dezembro de 1895, os Irmãos Lumière fazerem a primeira projeção de um filme na história.  Parafraseando Edgar Morin: se Lumière é pai do cinematógrafo, Méliès é pai do cinema.

Written by Video Session Locadora

7 maio , 2010 at 5:17 pm

Publicado em Uncategorized

Prêmio BAFTA – O Oscar Inglês

leave a comment »

Apesar de pouco divulgado no Brasil (a cerimônia nem é transmitida por nenhum canal, mesmo os a cabo), o prêmio Bafta (British Academy of film and television arts) é o equivalente inglês ao Oscar americano, ou seja, o prêmio mais importante do cinema na Inglaterra.

A premiação costuma ser bem interessante a nívl de resultados, pois não tem a preocupação de premiar algum filme pelo fato dele ser britânico e sim pelas qualidades artísticas de cada filme. Por exemplo, este ano um dos filmes com maiores indicações foi a produção britânica ¨An Education¨, mas o  filme acabou vencendo apenas na categoria de melhor atriz para Carey Mulligan. Mas claro que os britânicos também querem prestigiar a prata da casa e sendo assim, o prêmio de melhor ator foi para Colin Firth (o ótimo ator britânico que brilha em ¨A Single man¨, a estréia na direção do estilista Tom Ford) e que recebeu o prêmio das mãos da também inglesa (e vencedora do prêmio de melhor atriz do ano passado) Kate Winslet.

‘The Hurt Locker” (Guerra ao terror) foi o grande e merecido vencedor da noite com seis prêmios, incluindo melhor filme e direção pata Kathryn Bigelow (recebendo o prêmio dado por Clive Owen) e esquenta ainda mais a disputa do Oscar com Avatar, que recebeu apenas dois prêmios técnicos para Desenho de Produção e Efeitos visuais.

A outra surpresa da noite foi o prêmio de melhor filme estrangeiro para ‘The Prophet”, o excelente filme francês que derrotou o favorito ¨The White Ribbon” (A Fita Branca).

Além disso, a academia britãnica elegeu um novo presidente: o príncipe William, o filho de Charles e Diana, que assumiu o posto no lugar de Richard Attenborough e promete uma maior visibilidadeao prêmio a nível mundial.

Outro ponto forte da noite foi o prêmio Fellowship para a extraordinária atriz inglesa Vanessa Redgrave, homenagem mais que merecida a esta grande dama do cinema, teatro e televisão.

Também vale a pena citar os prêmios de melhor estréia de diretor ou roteirista inglês para o filme “Moon¨(Lunar, já disponível na Videosession) e seu diretor Duncan Jones (filho de David Bowie) e o de melhor filme britânico para o ótimo “Fish Tank” (filme sobre o despertar de uma garota inglesa e que ganhou prêmio do júri no festival de Cannes do ano passado e tem Michael Fassbender num dos papéis centrais).

Written by Video Session Locadora

22 fevereiro , 2010 at 1:11 pm

Publicado em Uncategorized

Uma caixa dos sonhos

leave a comment »

Essential Art House -50 years of Janus Films

A Video Session São Conrado colocou à venda uma caixa que é o sonho de consumo de qualquer cinéfilo: o Essential Art House -50 years of Janus Films, lançado pela pretigiada Criterion Collection.

A Janus Films é uma das distribuidoras mais importantes do cinema mundial, ela é a responsável por trazer ao público americano os inesquecíveis filmes  de Ingmar Bergman, Federico Fellini e François Truffaut no auge de seus apogeus artísticos.

Para celebrar seus cinquenta anos, a Criterion Collection lança: Essential Art House -50 years of Janus Films, uma edição especial para colecionadores com 50 dvds de alguns dos melhores filmes da sua história juntamente com um livro de 240 páginas com detalhes dos filmes e fotos inéditas. Os filmes presentes na caixa são edições remasterizadas e com o cuidado especial da Criterion.
Um verdadeiro presente de primeira para um cinéfilo.

Veja a lista completa dos 50 tíltulos da Essential Art House -50 years of Janus Films:

Alexander Nevsky (1938)
Ashes And Diamonds (1958)
L’Avventura (1960)
Ballad Of A Soldier (1959)

Beauty And The Beast (1946)

Beauty And The Beast - Jean Cocteau

Black Orpheus (1959)

Black Orpheus - Marcel Camus

Brief Encounter (1945)
The Fallen Idol (1948)
Fires On The Plain (1959)
Fists In The Pocket (1965)
Floating Weeds (1959)
Forbidden Games (1952)
The 400 Blows (1959)

400 Blows - François Truffaut

Grand Illusion (1937)
Häxan (1922)
Ikiru (1952)
The Importance Of Being Earnest (1952)
Ivan The Terrible, Part III (1958)
Le Jour Se Lève (1939)
Jules And Jim (1962)
Kind Hearts And Coronets (1949)
Knife In The Water (1962)
The Lady Vanishes (1938)
The Life And Death Of Colonel Blimp (1943)
Loves Of A Blonde (1965)
M (1931)
M. Hulot’s Holiday (1953)
Miss Julie (1951)
Pandora’s Box (1929)
Pépé Le Moko (1937)
Il Posto (1961)
Pygmalion (1938)
Rashomon (1950)
Richard III (1955)
The Rules Of The Game (1939)
Seven Samurai (1954)
The Seventh Seal (1957)
The Spirit Of The Beehive (1973)
La Strada (1954)

La Strada - Federico Fellini

Summertime (1955)
The Third Man (1949)
The 39 Steps (1935)

39 Steps - Alfred Hitchcock

Ugetsu (1953)
Umberto D. (1952)
The Virgin Spring (1960)
Viridiana (1961)
The Wages Of Fear (1953)
The White Sheik (1952)
Wild Strawberries (1957)

Written by Video Session Locadora

26 janeiro , 2010 at 4:08 pm

Publicado em Uncategorized